Feminismo
Feminismo

O Centro de Cultura de Alagoinhas – espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult) - recebe entre os dias 12 a 22 deste mês, a VI Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano, que terá como tema ‘Políticas Culturais e Empoderamento Feminino’. O projeto apresenta muitas novidades, mas mantém os propósitos originais de abrir espaço para manifestações culturais da região, fortalecer e reafirmar a importância da política de territorialização do estado, além de celebrar e preservar a memória das culturas populares.

Em parceria a Secretaria da Educação do Estado, Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Conselho Municipal de Política Cultural de Alagoinhas e Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Mulheres, a Semana marca um encontro com diversos artistas e grupos do território na busca de um intercâmbio cultural. “De forma coletiva construímos uma programação potente, descentralizada e diversificada, possibilitando a discussão, formação e troca de experiências entre artistas com distintas formações e expressões”, ressalta o coordenador do espaço cultural, Tárcio Mota.

Entre as novidades do evento está a primeira edição do Salão de Artes Visuais de Alagoinhas, o Encontro Estudantil Territorial, o Seminário Literatura, Produção Cultural e Modos de Vida, o Concerto da Banda Marcial de Alagoinhas, o Sarau do Boi Encantado e a Mostra dos Pontos de Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano, que marca o encerramento da programação. Saiba mais sobre a programação e outras informações no site da Secult.

Espaços Culturais

A Secult mantém 17 espaços culturais, administrados pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC) e localizados em diversos territórios de identidade. Destes, cinco funcionam em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro de Cultura de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro,Valença e Vitória da Conquista. Mais informações estão disponíveis no site da iniciativa ou podem ser obtidas pelo telefone 71 3116-2000.

 

Fonte: Ascom/Secretaria de Cultura do Estado (Secult)