Avaliação de desempenho de servidores estaduais passa a ser realizada pelo RH Bahia

Date
Categoria
RH Bahia

A partir desta segunda (18.11) servidores ocupantes de cargos na carreira de Especialista em Produção de Informações Econômicas, Sociais e Geoambientais e em outras 12 carreiras dos grupos ocupacionais Fiscalização e Regulação, Obras Públicas e Gestão Pública devem acessar o Portal de Serviços do RH Bahia para checar os dados da sua lotação funcional e, em caso de inconsistências, comunicar à Comissão de Avaliação da sua unidade. O procedimento é fundamental para garantir a confiabilidade do processo de avaliação, que começará a ser executado no site do RH Bahia já a partir de sexta-feira (22.11).

Esta é a primeira vez que uma avaliação de desempenho de servidores efetivos do Estado será realizada por meio do RH Bahia, o novo sistema informatizado de gestão de Recursos Humanos do Estado. “O RH Bahia está nos permitindo realizar a avaliação com o suporte de um software robusto e atualizado”, revela a coordenadora técnica de Gestão de Avaliação de Desempenho,Renata Miranda Savoy (Saeb), ao explicar que até então o Estado utilizava o Sistema de Avaliação de Desempenho Funcional, desenvolvido em 2013 pela Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb). 

A adoção do RH Bahia, no entanto, é apenas uma das novidades do Processo Extraordinário de Avaliação de Desempenho Funcional (PEADF), que foi construído de acordo com as recomendações previstas nos Decretos nº 19.201, 19.202 e 19.203 19.204, todos publicados no último dia 30 de agosto, com o objetivo de regulamentar o desenvolvimento das diferentes carreiras.

“Depois de muitos estudos, foi possível chegar a um modelo mais efetivo, capaz de estimular avaliações mais coerentes com o real desempenho dos servidores”, explica Renata Savoy. No novo formato, por exemplo, a classificação por notas foi substituída pela atribuição de conceitos que estabelecem apenas se o servidor está apto ou não a receber a promoção, definida também com base em outros critérios. 

Também são inovações do novo modelo o fim do procedimento de auto-avaliação e da obrigatoriedade da avaliação do chefe mediato do servidor. “Historicamente, as avaliações dos chefes mediatos tendem apenas a referendar as análises dos chefes imediatos, que, de fato, têm um convívio mais direto com o servidor”, explica Renata. Com a mudança, o chefe mediato só passa a ser acionado se o servidor não concordar com a avaliação de seu gestor imediato ou se houver situações que o impeçam de realizar a tarefa, como licença ou férias.     

Cronograma

Para conferir as informações completas sobre o Processo de Avaliação de Desempenho Funcional – incluindo o cronograma com prazos e o passo a passo das tarefas que precisam ser executadas no Portal de Serviços do RH Bahia, os servidores devem consultar a instruções normativas números 20 e 26, publicadas pela Saeb no Diário Oficial do Estado, respectivamente, nos dias 6 de setembro e 1º de novembro deste ano.

Vale ressaltar que não apenas os servidores candidatos a promoção devem ficar atentos ao andamento do processo, mas também os seus gestores mediatos e imediatos. “Por meio do portal, o sistema vai enviar mensagens comunicando aos servidores se eles estão elegíveis ou não para a avaliação, além de avisar aos gestores sobre as tarefas que precisam executar”, informa a consultora Camila Lapa, da empresa contratada Resource, que integra a equipe do RH Bahia e atuou no desenvolvimento do módulo para Avaliação de Desempenho no novo sistema.