Inscrições para processo seletivo de formadores permanecem abertas até dia 15

Date
Categoria
Capacitação

As inscrições para Processo Seletivo Interno de Profissionais da Educação para atuarem como Formadores no Plano de Formação Continuada 2020-2023 seguem abertas até o dia 15/01. O processo seletivo, uma iniciativa da Secretaria da Educação, por meio do Instituto Anísio Teixeira, selecionará 120 educadores que atuarão nos 27 Territórios de Identidade da Bahia. As inscrições devem ser feitas no Portal da Educação.

De acordo com o edital 009/2019, além dos profissionais da rede estadual, também poderão participar do processo seletivo, educadores efetivos das Universidades Estaduais da Bahia e dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE). O candidato selecionado atuará como formador junto aos diretores escolares, coordenadores pedagógicos, equipes técnicas e professores das redes municipais e estadual no Território de Identidade onde já exerce sua função.

Confira o Edital 009/2019

Para o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ter a Formação Continuada acontecendo nos 27 Territórios de Identidade é uma agenda importante para a melhoria dos indicadores. “Nossa expectativa para 2020 é muito grande. Vamos consolidar a Formação Continuada como uma estratégia indispensável para a melhoria da aprendizagem dos nossos estudantes”, pontuou. O secretário também destacou que a parceria de instituições como a UPB, UNDIME, das UEBAs, CEE, UNCME, FEEBA, FORPROF e dos Colegiados Territoriais, foi fundamental para a concretização do regime de colaboração com os municípios.

A diretora geral do Instituto Anísio Teixeira, Cybele Amado de Oliveira, destaca que a meta da Formação Continuada é alcançar 6,6 mil educadores. “Estamos trabalhando de forma singular, unindo esforços com os municípios, com as Universidades e parceiros para a formação, com foco no 6º ao 9ª ano e no Ensino Médio”, destacou. Ainda de acordo com a diretora, a Formação Continuada é ancorada em pilares como Currículo, Avaliação e Práticas Pedagógicas.

 

Fonte: Ascom/Instituto Anísio Teixeira (IAT)