Projeto de companhia da PMBA é premiado pelo CNJ

Date
Categoria
Valorização do Servidor

A aplicação de uma metodologia na área da mediação de conflitos escolares realizada por policiais militares da 67ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Feira de Santana, resultou no prêmio de primeiro lugar para a metodologia de inovação em conciliação de conflitos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que será concedido na terça-feira (18), em Brasília.

A finalidade da prática é resgatar os laços afetivos entre os educandos envolvidos em conflitos escolares de pequena gravidade, a escola e a família. Nesse processo, há estímulo à leitura, melhoria do espaço escolar e, consequentemente, desoneração de outros órgãos como Polícia Civil e Judiciário.

A aplicação vem acontecendo em toda área correspondente à 67ª CIPM, principalmente instituições públicas. Ao longo do tempo, a unidade já havia estreitado o relacionamento com a comunidade escolar através da realização de constantes palestras, cursos, oficinas com os pais dos alunos, estratégias de educação e orientação para o resgate de brincadeiras antigas nesse processo de aproximação familiar. 

A partir desse contato foi criada uma rede na qual os gestores possuem canal direto com os policiais militares e sinalizam qualquer percepção de desentendimento ou briga entre alunos. Mais informações estão disponíveis no site da PMBA. 

 

Fonte: Ascom/PMBA