Só mais dois dias para ver Rodin
Ultima Atualização: 29/10/2012 às 12:34:12
Só mais dois dias para ver Rodin

O Palacete das Artes Rodin Bahia encerra nesta quarta, 31 de outubro,  a visitação pública às obras de Rodin que integraram durante três anos a exposição do escultor francês do século XIX. A mostra Auguste Rodin: Homem e Gênio já foi visitada por mais de 480 mil pessoas, baianos e turistas, durante o contrato de comodato de três anos firmado entre os Governos da França e da Bahia.

Como na segunda não há visitação, só restam esta  terça e quarta para quem ainda não viu.

Inaugurada no dia 26 de outubro de 2009, a exposição fez parte da programação do “Ano da França no Brasil” e, pela primeira vez, o Museu Rodin de Paris cedeu tantas peças do seu acervo para uma exposição de longa permanência. São 62 obras, incluindo “O Pensador”, “O Beijo“, “A Defesa”, “Eva”, “O Homem que Anda”, peças de grandes proporções, e geniais obras de pequeno porte, como “A pequena Sombra”, “Torso da Centaura” e “Estudo para Íris”, entre outras.

O acervo é composto por originais que constam do inventário das coleções públicas francesas, consideradas propriedade inalienável do Estado francês. O diretor do Palacete das Artes, Murilo Ribeiro, destaca que a exposição de Rodin veio incrementar a visitação ao museu e aos outros espaços museais da cidade, dando repercussão nacional e internacional às artes do nosso estado e consolidando o Palacete como importante equipamento cultural de Salvador e da Bahia.

Foram realizadas, no período de três anos, dezenas de atividades socioculturais e educativas, entre cursos, oficinas, workshops, concertos literários e musicais, mostras de cinema e vídeo, peças de teatro e performances, cirandas e outros, direcionadas a públicos diversos, dando ênfase a visitas guiadas com foco em um expressivo contingente de estudantes das redes públicas e privada da capital e interior da Bahia e universidades.

Com o término do contrato de comodato das peças de Rodin que fazem parte da exposição Auguste Rodin: Homem e Gênio, o casarão passará por pequenas reformas e adequações das salas expositivas para receber novas mostras. A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia está finalizando a proposta de ocupação deste espaço com uma exposição temporária em homenagem a um importante artista baiano, em um projeto que está sendo conduzido como uma grande surpresa. Além disso, ainda para 2013 está prevista uma grande exposição dedicada às principais obras dos modernistas da Bahia.

A Sala de Arte Contemporânea do Palacete das Artes, que atualmente sedia a exposição Modigliani: Imagens de Uma Vida, permanecerá abrigando exposições temporárias, inaugurando em dezembro próximo a mostra Tributo a Jorge Amado, das artistas plásticas Maria Adair e Eliana Kértesz. O setor educativo do Palacete das Artes também continuará promovendo atividades culturais e artísticas para públicos de todas as idades.

Permanência: Até 31/10/2012
Local: Palacete das Artes
Valor: Gratuito

Com informações do Palacete das Artes

6979 leituras