Prêmios reúnem 179 inscrições de diversos órgãos e municípios
Ultima Atualização: 14/09/2010 às 16:26:25
Prêmios reúnem 179 inscrições de diversos órgãos e municípios

Os prêmios Boas Práticas e Servidor Cidadão reúnem, este ano, um total de 179 inscrições efetivadas pelos servidores públicos do Estado da Bahia. Ao todo, 110 exemplos de projetos implementados no ambiente de trabalho por servidores públicos estaduais estão inscritos no Prêmio Boas Práticas, iniciativa do Governo do Estado para estimular a inovação e a melhoria contínua no setor público.
 
Em sua segunda edição, o Boas Práticas registra um salto de nada menos que 200% no número de concorrentes, já que em 2009, quando foi lançado, reuniu ao todo 36 inscrições. Já o Prêmio Servidor Cidadão, que estimula o voluntariado entre os servidores, conta este ano com 69 inscrições - foram 71 no ano passado.
 
 Os vencedores serão conhecidos em novembro. O Boas Práticas contempla os dez melhores trabalhos com ações de desenvolvimento de pessoas, premiadas na forma de participação em congressos, eventos, visitas técnicas, publicação de livros ou artigos, bolsa de idiomas, vivências, cursos, ou outros eventos que caracterizem situação de aprendizagem, em âmbito estadual, nacional ou internacional.
 
Já o Prêmio Servidor Cidadão distribui R$ 42 mil em dinheiro entre os vencedores. São R$ 10 mil para o 1º lugar; R$ 7 mil para o 2º; R$ 5 mil para o 3º; R$ 3 mil para o 4º, e R$ 2 mil para o 5º lugar. Os classificados entre o 6º e o 10º lugar recebem um prêmio de R$ 1 mil cada, a título de menção honrosa. Além disso, são reservados R$ 10 mil para destacar especialmente uma instituição selecionada entre as cinco primeiras colocadas na premiação.
 
Diversidade
 
A coordenação do Programa Você Servidor, responsável pelos prêmios, destaca o perfil diversificado dos servidores inscritos. Um dado interessante diz respeito à procedência territorial: enquanto o Boas Práticas concentra em Salvador 83 inscrições, ou cerca de 75% do total, com o Servidor Cidadão acontece o contrário: são 44 trabalhos inscritos por servidores residentes no interior, ou 63 % do total.
 
Os prêmios destacam-se ainda pela abrangência dos trabalhos inscritos no conjunto da Administração Pública. No caso do Boas Práticas, estão inscritos projetos implementados em um total de 19 secretarias e órgãos estaduais. O maior número de práticas inscritas vem da Secretaria Administração: são ao todo 26 trabalhos concorrentes. Em seguida vêm a Secretaria da Educação com 18 trabalhos inscritos e 14 da Secretaria de Segurança Pública (SSP). 
 
No caso do Servidor Cidadão, o maior número de inscritos vem da Secretaria da Educação, com um total de 28 trabalhos registrados. Na seqüência estão a Secretaria da Segurança Pública com 18 trabalhos e a Secretaria da Administração, com 4 projetos.
 
Comissões julgadoras iniciam trabalhos
 
Diante do grande volume de inscritos, as comissões julgadoras dos prêmios já começaram a trabalhar nesta segunda-feira (13). Para avaliar os postulantes ao Boas Práticas, a comissão reúne representantes da Assembléia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública e das secretarias da Administração, do Trabalho, Renda, Emprego e Esporte, e da Casa Civil, além da Fapesb.
 
No caso do Servidor Cidadão, participam da comissão representantes da Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia, do Cefet-Bahia, da Fundação Luís Eduardo Magalhães e das secretarias da Administração, de Desenvolvimento Social e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.