Com programação gratuita, Governo marca presença na Campus Party
Ultima Atualização: 09/08/2017 às 16:58:34
Com programação gratuita, Governo marca presença na Campus Party

Presente no Brasil há dez anos, a Campus Party acontece pela primeira vez na Bahia, de quarta-feira (9) a domingo (13), como resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e o Instituto Campus Party, tendo como tema a Inovação Produtiva. A previsão é que a edição baiana ultrapasse a marca de 40 mil visitantes, que vão experimentar 250 horas de conteúdo e experiências inusitadas, incluindo novidades que se estendem da estrutura à programação. Parte dessas atrações são promovidas pelo Governo, através de seus órgãos e secretarias.

Uma das inovações da edição baiana é que pela primeira vez o evento terá um espaço especialmente voltado para as crianças, a Campus Kids. A atração faz parte das atividades oferecidas, gratuitamente, pelo Governo do Estado e, durante três dias, vai oferecer 10 horas de programação diária, em uma área de 100 metros quadrados, com atividades lúdicas inseridas no universo tecnológico.

Confira a seguir as atividades que fazem parte da programação do Governo do Estado para a Campus Party Bahia.

Campus Kids

Uma das novidades da CPBA-Campus Party Bahia é o Campus Kids, um espaço de aprendizagem voltado para crianças entre 5 e 12 anos, que funcionará na quinta (dia 10) e na sexta-feira (dia 11), das 10 às 20h, e no sábado (dia 12), das 10 às 18h. De forma gratuita, pais e filhos terão 10 horas de programação diária, em uma área de 100 metros quadrados, com atividades lúdicas inseridas no universo tecnológico.

O parque lúdico promovido pelo Governo do Estado será puro aprendizado, com muita diversão. As atrações levarão às crianças conceitos básicos de robótica, programação de computadores e sistemas de informação. Monitores demonstrarão o funcionamento de robôs, com explicações didáticas para a garotada.

Além de apresentações teatrais e contação de histórias, as crianças terão acesso a oficinas de programação em Minecraft, criação de games 2D e realidade aumentada. As oficinas serão realizadas em parceria com a Happy Code, escola de programação para crianças e adolescentes, e ocorrerão três vezes ao dia: a partir das 10h30, 15h e 17h30. São oito oficinas diariamente, cada uma com duração de 45 minutos, sendo as turmas fechadas de acordo com a ordem de chegada.

O público infantil também vai poder conversar com youtubers, escritores mirins e programadores. Eles falarão sobre temas como culinária para crianças e jovens, entretenimento, experimentos e games.

No Espaço Kids, o Stripulia, grupo de teatro e animação cultural, fará duas apresentações diárias, com uma hora de duração cada. A criançada poderá, ainda, participar da Batalha das Letrinhas, remontando uma história infantil, em computador, com a ajuda dos pais, mergulhar no universo dos contos, disponíveis em tablets, compartilhar suas leituras e livros preferidos, em tempo real e, com a ajuda de tecnologia desenvolvida pela startup baiana Tibi, virar um personagem e entrar em um livro.

Olimpíada Brasileira de Robótica

Outra atração programada para a área Governo do Estado é a Olimpíada Brasileira de Robótica, que tem como missão simular um ambiente real de desastre, em que o resgate das vítimas precisa ser realizado por robôs. As competições acontecem nos dias 10, 11 e 12 de agosto, das 10 às 17h. Participam da Olimpíada de Robótica 407 estudantes do Ensino Fundamental, Médio e Técnico, valendo classificação para a maior competição de robótica do mundo, a Robocup.

Startups & Makers

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (SECTI) e o Instituto Campus Party reservaram para a CPBA um local de exposição para 40 startups baianas apresentarem seus negócios em uma área que oferece mentoria e networking, além de um palco para palestras e painéis voltados para empreendedorismo. São startups de segmentos como agrícola, saúde, financeiro, estética, pet, turismo, e-commerce, esportivo, serviços domésticos e automotivo, entre outros. 

Sobrevoo virtual à Chapada e Montanha Russa no Pelourinho

Também na área do governo, a Secretaria de Turismo colocará à disposição do público um equipamento de realidade virtual que permite um sobrevoo sobre as atrações turísticas da Chapada Diamantina. Já a Secretaria da Educação da Bahia mostrará um simulador de voos, utilizado pelos alunos do Colégio Central no estudo de Física. Ainda como parte das ações da Setur, estará disponível outra experiência de realidade virtual que levará os visitantes a uma montanha russa no cenário do Pelourinho.

Games da área de Saúde

Para os amantes de games, o Stand do Governo vai contar com um espaço, disponibilizado pela Secretaria da Saúde (Sesab), com dois jogos educativos referentes ao tema. A Moovi Games, Startup incubada no Parque Tecnológico da Bahia, vai mostrar ao público os games “Deu Zika” e “Sangue Bom”, ambos genuinamente baianos. O primeiro trata da conscientização no combate do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Zika e da Chikungunya também. Já no “Sangue Bom”, uma experiência de realidade virtual, o personagem precisa coletar o tipo sanguíneo correto em cada fase. Cada fase tem um tipo de sangue que precisa coletar.

Linhas de Crédito Desenbahia

A Desenbahia vai oferecer apresentação institucional na Campus Party. “Inovacred-Desenbahia e Alternativas de Financiamento à Inovação” é o tema da palestra que será apresentada pelo gerente de Negócios da Capital, Sérgio Matos da Silva, e vai ocorrer na área aberta ao público, na sexta-feira (11/08), às 16h, no estande oficial do Governo do Estado.

Com foco nas linhas de financiamento do Programa Inovacred, o objetivo da participação da Desenbahia na Campus Party é apresentar alternativas diferenciadas de financiamento para as empresas baianas que tenham projetos inovadores em desenvolvimento e planejam novos investimentos em 2017. A linha Inovacred-Desenbahia pode financiar projeto de inovação entre R$ 150 mil e R$ 10 milhões, com juros reduzidos e prazo de até 96 meses.

Oficina de HQ com Hugo Canuto

A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) realizará duas oficinas de HQ, gratuitas, sobre mitos iorubás em visual moderno, atividades que acontecem gratuitamente na quinta (10) e sexta (11), sempre das 10h30 às 12h30. A ação trará a diversidade para o universo dos quadrinhos, rompendo os preconceitos sobre a cultura afro-brasileira e contribuindo para o combate à intolerância religiosa. As oficinas serão ministradas pelo arquiteto e artista gráfico Hugo Canuto, autor dos projetos como Contos dos Orixás e A Canção de Mayrube, dentre outras iniciativas com histórias baseadas nos orixás e seus fundamentos.  

Oficina de maquiagem cosplay

Durante a Campus Party, vai acontecer o projeto Arte Viva LGBT, com a drag queen Sfat Auermann que vai demonstrar a arte da transformação, através de uma oficina de maquiagem, utilizando também elementos da cultura cosplay. As oficinas acontecem na quinta-feira (dia 10), das 19h30 às 21h, na sexta (dia 11), das 20 às 21h, e, no sábado (dia 12), das 16h30 às 18h

Espaço Multiuso

Entre os dias 10 e 12 de agosto, o Governo da Bahia oferecerá ao público que passar pela Open Campus uma série de atrações, como palestras sobre games, comportamento, ciência, educação, inteligência artificial, como a impressora 3D está revolucionando a indústria, Internet das Coisas, desenvolvimento de apps, uso de wearables trackers (monitores vestíveis), Programa Conecta Bahia, Tecnologia e Agricultura.

Fazem parte da programação conversas com influenciadores digitais; um fórum sobre universidades empreendedoras; oficinas de histórias em quadrinhos; apresentação do time de futebol de robôs brasileiro campeão da Robogames, disputada nos Estados Unidos; além de palestra sobre o projeto Living Lab de cidades inteligentes – iniciativa da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), em parceria com a Universidade Federal da Bahia e o Instituto alemão Fraunhofer.

Campus Lounge

Essa é uma área multifuncional de descompressão para os campuseiros, dentro da Arena, também com a coparticipação do Governo do Estado. Nela, os campuseiros poderão se divertir com games ou tocando instrumentos musicais colocados à disposição dos participantes da Campus Party Bahia. Está é a única atração do governo localizada na área não gratuita do evento.

Hackathon

Participar de uma maratona de programação em busca de soluções inovadoras, por meio de tecnologias digitais, que envolvam mobilidade e acesso ao trabalho é o objetivo do Hackathon “Desafios Bahia”, que acontece dentro da CPBA.

Promovido pelo Governo do Estado, através das Secretarias da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), do Desenvolvimento Urbano (Sedur) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o Hackathon “Desafios Bahia” segue com inscrições abertas até o dia 9 de agosto. A maratona de programação ajuda no desenvolvimento de soluções que vão servir à qualificação de políticas públicas de órgãos do Estado e visando o bem-estar da sociedade.

Para participar dos desafios propostos, que serão detalhados na Campus Party, os interessados devem formar equipes entre três a cinco integrantes, além de possuir, preferencialmente, conhecimento ou experiência nas seguintes áreas: Programação e desenvolvimento de software ou aplicativos web/mobile; Design gráfico; Gestão de negócios; e Políticas públicas. O regulamento do hackathon já está disponível através do endereço www.desafiosbahia.com.br.

Desafio Embasa

Em paralelo ao Hackathon “Desafios Bahia”, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA) também terá seu desafio durante a Campus Party. Ao campuseiros deverão buscar o desenvolvimento de soluções tecnológicas (aplicativos, softwares, hardwares, painéis de monitoramento, etc.), visando atender ao 6º objetivo de desenvolvimento sustentável da ONU: assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos. As inscrições serão feitas apenas no local do evento no dia 10/08 das 10h às 14h30.

Jovens de comunidades rurais

Treze jovens de comunidades rurais da Bahia participam da Campus Party. O objetivo é levar os jovens para conhecerem as experiências que já existem e buscarem soluções tecnológicas e inovadoras para problemas relacionados ao meio rural. A iniciativa é promovida pelo projeto Pró-Semiárido, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), direcionada para a maior experiência de tecnologia do mundo.

Sobre a Campus Party

A Campus Party, que foi trazida à Bahia pelo Governo do Estado, é a maior experiência tecnológica do mundo, reunindo jovens geeks em um festival de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e universo digital. Realizada pela primeira vez em 1997, na Espanha, a Campus Party conta hoje com 524.743 mil campuseiros cadastrados em todo mundo, e já produziu edições em países como Espanha, Holanda, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia e Equador.

O evento está presente no Brasil há dez anos e em 2017 terá edições em Portugal, Itália, Singapura e África do Sul

 

577 leituras