Prêmio destinado aos servidores que apresentem soluções para melhoria do desempenho no trabalho.
Chamada: 
Número segue a linha de crescimento da quantidade de inscrições desde 2015 e aparece como o segundo maior de todas as nove edições

As inscrições para o Prêmio de Boas Práticas se encerraram, mas o saldo foi positivo. Com 167 projetos inscritos, sendo 96 na capital e 71 no interior, a edição de 2017 conseguiu superar o dobro do número registrado em 2016, que teve 75 inscrições. Com projetos enviados de 38 cidades, incluindo Salvador, a edição de 2017 passa a ser a segunda maior em quantidade de participantes desde que surgiu, em 2009. A primeira é a de 2012, que chegou a 169.

Chamada: 
Destaque será para o Boas Práticas, que reconhece projetos voltados ao ambiente de trabalho

Têm início nesta segunda-feira, 3 de abril, as inscrições para o prêmio de valorização do funcionalismo público, como parte das comemorações do Dia Você Servidor. Este ano, o evento será dedicado exclusivamente à nona edição do Prêmio de Boas Práticas, que reconhece projetos ou iniciativas voltados à melhoria do ambiente de trabalho.

Chamada: 
Empresa social criada pelo professor Daniel Galvão já atendeu a 223 alunos desde 2009 e mantém parceria com a Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (Faced).

Iniciar estudantes dos níveis técnico e médio no mundo do trabalho, despertando neles tanto a atitude empreendedora quanto o cooperativismo e o associativismo. Essa é a proposta da empresa Staff Júnior Soluções em Tecnologia e Design, projeto desenvolvido pelo professor de informática Daniel Galvão no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, em Salvador. Pelo trabalho, Daniel é um dos 10 finalistas do Prêmio Boas Práticas 2012.

Chamada: 
Atendimento ágil no Tribunal de Justiça foi o resultado alcançado com as medidas implantadas pela servidora no TJ do SAC Paralela. Com o projeto, as filas são coisa do passado. O público mostra-se satisfeito com as mudanças, que você pode conhecer aqui.

Com o objetivo de agilizar o trabalho da Justiça, na unidade do SAC Paralela, bem como o serviço do Juizado da Juventude, através de agendamento prévio com hora marcada, a servidora Maria do Rosário Dantas Passos implantou na, capital baiana, o TJ Express. A missão do projeto é reduzir o tempo de espera nas filas para a realização das consultas e oferecer um atendimento eficiente e de qualidade.
 

Chamada: 
Prevenção é a palavra-chave do projeto desenvolvido pelo policial que, na cidade de Medeiros Neto, está combatendo uso de drogas e violência entre os alunos. Vale a pena conferir!
 
“Estamos nos sentindo reconhecidos com esse incentivo, o que faz com que a gente busque melhorar o nosso trabalho”, afirmou o soldado e coordenador do projeto que conquistou o terceiro lugar, Hildiberto de Oliveira.
Chamada: 
O bem estar da mulher que sofre e denuncia crimes de violência é o alvo do projeto da delegada, que oferece, em Vitória da Conquista, um atendimento diferenciado a essas vítimas. Confira!

Pensando em oferecer um serviço de qualidade às mulheres vítimas de violência, na cidade de Vitória da Conquista, a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher implantou o projeto que oferece às vítimas atendimentos policial, jurídico e psicológico. “Estamos orgulhosos porque agora sabemos que estamos desenvolvendo um bom trabalho e isso é muito importante”, afirmou delegada responsável pelo projeto, Rosilene Moreira Correia.
 

Chamada: 
Lei sancionada pelo governo estadual tem como objetivo permitir aos vencedores escolher de que forma pretendem investir em seu aperfeiçoamento profissional

Lançado em 2009 com o objetivo de incentivar entre os servidores estaduais a criação de práticas que melhorem a prestação de serviços do Estado, através de ações inovadoras com resultados comprovados para uma melhor gestão de recursos, o Prêmio Boas Práticas passa a ser concedido, a partir de agora, em valores monetários.

Chamada: 
A partir de hoje, você confere aqui o trabalho individual realizado pelos ganhadores dos dois prêmios. Começamos com Hérmeson Novaes Eloi, do município de Santa Inês, e seu projeto Administrar bem o recurso público faz a diferença

Preocupado com as relações estabelecidas entre a comunidade do Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães, na cidade de Santa Inês, o professor Hérmeson Novaes Eloi resolveu implantar ações voltadas para uma melhor administração do dinheiro público. Investiu em infra-estrutura e prática pedagógica, na busca do ensino público de qualidade. “A satisfação é grande.

Chamada: 
Tarcísio de Jesus Silva teve uma ideia simples. Criou uma planilha para gerenciar suas rotinas e economizar no consumo de combustível e água. Foi um dos vencedores do Boas Práticas 2009.

A rádio Servidor desta semana traz o depoimento do auxiliar administrativo Tarcísio  de Jesus Silva, um dos vencedores do prêmio Boas Práticas 2009. Com uma planilha na mão e uma ideia na cabeça, Tarcísio contribuiu para a melhor administração do transporte e redução do consumo de combustível e água na Setre (Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia).

Imagem: 
Chamada: 
Projeto desenvolvido por Valquíria Gomes estimula o hábito da leitura em alunos da rede pública de ensino. “A leitura é importante para a formação do cidadão na construção de uma cidadania mais consciente", defende a mestra.

Com o objetivo de motivar os estudantes das séries diferenciadas do Ensino Fundamental II, oriundos de escolas públicas, à prática da leitura, através da biblioteca, de trabalhos desenvolvidos na sala de aula e da exposição de resultados pedagógicos para a comunidade, a professora de Língua Portuguesa, Valquíria Gomes Lima, decidiu realizar o projeto Formação de Leitores.

Imagem: 
Divulgar conteúdo